The Shattering World

S09 - Glimpse of shadows

    Acordamos e os ursos ainda estão lá. A presença deles nos deu mais conforto pois a noite estava muito fria. Heitor percebeu que o dia também estava mais frio que o normal para essa época do ano e ele não lembrava já ter visto o tempo assim antes. Após os preparativos da manhã seguimos na direção que os ursos apontaram, buscando identificar rastros de orcs ou pistas para onde deveríamos seguir.
    Jason soltou seu falcão, Aia, para observar a região pelo alto, já que a luminosidade na floresta estava muito baixa apesar de ser dia. Num sobrevôo vemos uma flecha ser disparada na direção do falcão, quase acertando. Procuramos de onde ela veio e de longe conseguimos identificar um acampamento Orc. Ali esta uma tropa de mais ou menos uns 18 orcs (comuns, arqueiros e comandantes). 
    Após a derrotarmos esse grupo decidimos permanecer nesse acampamento para que Siv e Heitor se recuperassem. Montamos turnos de guarda, prevendo que em algum momento outros orcs chegariam (troca de turnos, checagem de rotina). Um pequeno grupo com um comandante e três orcs se aproxima, mas conseguimos neutralizá-los. Algumas outras tropas chegam mas conseguimos derrotá-las. Já ao por do sol avistamos um grupo de 9 indivíduos chegando. Já no meio do combate percebemos que no grupo 3 são humanos e estão presos por correntes e conduzidos por um orcqueiro. Quando resgatados eles dizem que são de Estergras e que estavam sendo mantidos prisioneiros a quase 1 mês. Heitor os reconhece: são Bastião, Teobaldo e uma pequena criança. Eles contam que os orcs estão organizados em pequenas vilas e que o povo da cidade que fugiu para floresta foi capturado e escravizados. Cada vila tem um líder guerreiro, mas todos estão subordinados a uma sacerdotisa que apareceu. Essa sacerdotisa cultua um deus com muitas pernas. Eles sabem que ela é muito poderosa e que construiu uma torre na floresta apenas manipulando a terra com um artefato. Ela é escoltada por um líder orc que a segue montado em uma aranha gigante.
    Vai anoitecendo e o frio fica quase insuportável. A criança começa passar mal e Heitor, Josué e Jason fica cuidando dela. Sigrid e Siv permanecem fazendo vigilância, já esperando que em algum momento chegasse mais uma tropa de orcs. Sigrid percebe que estão cercados. Já se preparando para o ataque iminente, Jason sobe nas árvores para disparar flechas que funcionariam como tochas. Ao alcançar a parte superior ele consegue ver que a sacerdotisa esta chegando, pairando em uma névoa e acompanhada de muitos orcs que estão cercando o acampamento.
Heitor sugere fazer uma barreira de fogo para atrasar o ataque enquanto o grupo foge. Os orcs atacam com uma chuva de flechas. Uma delas atinge a criança que estava no colo de Siv. Depois de mais ou menos 1h30 correndo pela floresta paramos em uma encosta. Bastião descreve como é a torre da sacerdotisa e sugere que um ataque no local ainda vazia poderia enfraquecer os poderes dela. Nesse momento ele se dá conta que Teobaldo ficou para trás e que a criança esta morta. Sigrid o tranquiliza e mostra qual o caminho ele deve seguir para chegar em Estergras, em relativa segurança. Ela pede que ele conte para os líderes o que esta acontecendo.
    O grupo segue marchando forte, mas Josué, Heitor e Sigrid começam mostrar sinais de cansaço. Mesmo não sendo o ritmo ideal para chegar na torre o grupo não se separa. A frente encontram a vila principal dos orcs. Lá conseguem identificar vários humanos prisioneiros.
    Chegando na torre conseguimos ver várias pessoas empaladas na clareira. Jason sugere fazer um terremoto usando a pedra e o tridente, assim como fizeram a avalanche, mas Sigrid se recusa. Vamos nos aproximando da torre e percebemos que as paredes estão cobertas de vermes e lesmas. Além disso identificamos um artefato arcano que dispara uma fireball quando disparado. As escadas circundam a torre e só por ela que temos como alcançar a entrada do lugar. Subir a escada não é simples porque mesmo espantando as lesmas com tochas o chão e paredes continuam muitos escorregadios. 
    A sacerdotisa e os orcs chegam. É possível ver vários braços nela e Sigrid identifica que ela esta evocando magias arcanas. De repente a sacerdotisa faz um gestual e tudo fica escuro, mesmo onde tinha tochas ou algum tipo de iluminação. Josué, que junto com Sigrid tinha alcançado a entrada, força a porta e entra.
    No meio da escuridão escutamos uma voz gritando que não permitiria que aquela sacerdotisa escapasse novamente. No meio da escuridão vemos um foco de luz que vai se espalhando como como se fosse água limpando a escuridão. Conseguimos avistar um grupo chegando. Além da monk de Estergras, tem um clérigo empunhando um bastão, dois guerreiros e um homem bem baixinho e diferente. Eles imediatamente entre em combate com o líder orc montado na aranha e a sacerdotisa. O combate segue.
    Quando Siv alcança a sacerdotisa e a atinge com um golpe ela cai de joelhos pedindo clemência. Ainda no calor da batalha Siv acaba decapitando a sacerdotisa. Os orcs que sobreviveram se rendem. Depois que todos já estão dominados e presos, Sigrid percebe que não viu mais Josué. Quando entramos na torre encontramos o corpo dele decapitado (executado)
JOSUÉ MORREU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!! 
    Retornando para a vila dos orcs conseguimos libertar cerca de 200 pessoas e caminhamos de volta para Estegras.
TESOURO
200 gp, 50 pp, 6000 sp, 5000 cp, 100 gemas não lapidadas. 1 pote de água benta, 1 scroll arcano de wind wall 3rd, 11 acid arrow

Comments

LucasTheSword manuskela

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.